Foto: Maria Cecília Fontaneta Bacalhau
news-details
Educação

De Bragança Paulista para o mundo: Quem são Eloá e Maria das Graças, mãe e filha que viralizaram na internet após foto emocionada em escola

Na manhã do último sábado, 10, ocorreu um sarau literário que contou com a presença de pais e alunos na Escola Estadual Doutor Fernando Amos Siriani, no Bairro Jardim Fraternidade, em Bragança Paulista. Entre as atividades do evento, houve a exibição dos trabalhos desenvolvidos pelos estudantes, jogral de poemas e a entrega de certificados aos alunos de destaque da instituição.

O que era para ser um dia comum na unidade acabou tomando proporções inimagináveis no Brasil – e, quem diria, até fora dele. Tudo isso porque uma foto emocionada de Maria das Graças de Oliveira Rosa, mãe da aluna Eloá de Oliveira Rosa, de 13 anos, uma das premiadas na ocasião, conquistou e comoveu os internautas. A imagem, postada nas redes sociais  da Fernando Amos, tinha, até o fechamento desta edição, mais de 10 milhões de visualizações e, só na página da escola, quase 65 mil compartilhamentos e mais de 75 mil reações – das quais 54 mil eram “amei” de internautas de todo o país, que se sensibilizaram junto com Maria das Graças.

Eloá, estudante do 7º ano, recebeu o certificado após ter seu desempenho escolar avaliado – e elogiado - pelos professores. “Nós fazemos esse evento, normalmente no final do ano, e os alunos que se destacaram e tiveram boas notas são indicados pelos professores para receber esse certificado. No ano passado, a Eloá era quietinha, tímida, não aparecia muito. Ela não era uma menina de boas notas, tinha dificuldades de aprendizado, mas foi se superando”, revela a professora de Língua Portuguesa Tatiana de Lima, que deu aula para Eloá no ano passado e hoje, comemora a evolução da aluna.

Quem conhece a menina sabe bem das dificuldades da família, que leva uma vida bastante simples e hoje, se sustenta com a renda dos dois filhos mais velhos. No mês de agosto, a situação ficou mais delicada devido à morte do pai de Eloá, Gessy, em decorrência de um infarto. O fato, apesar de triste, ajudou a garota a se dedicar mais nos estudos, conforme acredita a professora Tatiana. “O que os professores notaram foi que, mesmo quando ela perdeu o pai, continuou focada. Parece que depois disso, se sentiu mais motivada ainda a estudar”, diz.

A atual professora de Língua Portuguesa de Eloá, Adriana Ribeiro, contou que ela é uma menina muito interessada, focada e comprometida. “Ela fica me olhando, apertando os olhinhos quando não entende alguma coisa, e abre aquele sorrisão quando falo que vou explicar novamente e  propor a resolução de mais exercícios”, elogia. Já a professora de Ciências, Marivane Ferreira, diz que a menina merece tudo o que está vivenciando e a define como uma aluna “doce e maravilhosa”. “Ela coloca excelência em tudo o que faz!”, declara.

Eloá afirma que, de fato, o prêmio veio após uma dedicação maior nos estudos do que no ano passado, quando não foi selecionada como aluna destaque. “Nesse ano, prestei mais atenção nas aulas, não fiquei conversando muito, me dediquei mais nos estudos”, fala.

A EMOÇÃO VIRAL

O pai de Eloá, inclusive, é um dos grandes  motivos da comoção que viralizou Brasil afora. Segundo a professora, no evento, a emoção de Maria não ocorreu apenas no momento da foto. “A mãe já chegou emocionada. Quando conversei com ela, ela falou que o pai era quem ajudava a menina nas atividades da escola e achou que seria uma pena que ele não visse”, comenta.

Quando questionada, Maria das Graças revela que, mais do que comemorar o feito da filha, de fato caiu no choro ao lembrar do esposo, que tanto contribuiu na formação de Eloá. “Eu fiquei emocionada porque não sabia que ela ia chegar ‘a isso’, e na hora, me bateu uma saudade do meu marido, queria que ele estivesse presente. Ele  acompanhava muito ela, era um bom marido e um bom pai, principalmente na educação”, conta.

Tatiana explica que, apesar de conhecer de perto a história da família, se surpreendeu e, junto a outros professores, também foi tomada pela emoção quando viu a imagem. “Eu achei sensacional. Quando a Cecília (coordenadora da unidade) tirou a foto da mãe e mostrou pra nós, a gente se emocionou sem querer. Ela se emocionou tão verdadeiramente que não precisou de contexto e passou toda a emoção dela. A gente se emocionou primeiro, aí a Cecília ficou empolgada para colocar no facebook da escola e então veio toda a repercussão”, relata.

A REPERCUSSÃO

O fato repercutiu em todo o Brasil e diversos veículos de comunicação procuraram a escola e a família para saberem quem são Eloá e Maria das Graças e qual a história por trás da famosa foto. Até mesmo órgãos internacionais noticiaram o ocorrido e já fizeram contato com a menina, que agora colhe os frutos de tamanho sucesso. Tímida, quando perguntada se está gostando da fama, Eloá diz que sim, enquanto a mãe concorda, mas diz que ser famosa “dá trabalho”. Ela tem razão, afinal, já foram diversas entrevistas e participações até mesmo em programas de televisão.

Na escola, Eloá é a nova celebridade, mas segue com a inocência e os sonhos de uma criança comum. “Ela não está acreditando [no sucesso], tenho certeza. Quando fui na casa dela no domingo para falar que tinham pessoas querendo falar com ela e que ela teria que vir aqui, ela e a mãe pareciam não acreditar”, conta a professora, acreditando que se trata de algo inédito na cidade – uma notícia boa que viralizou de forma tão grandiosa.

O PODER DA EDUCAÇÃO

Hoje, Eloá – uma das melhores alunas de sua escola – quer ser advogada e sabe que precisa estudar muito para chegar até lá, mas por enquanto está enchendo de orgulho a todos que com ela convivem. O irmão Michael, que deixou os estudos para trás pela necessidade e trabalhar e ajudar nas contas da casa, hoje pensa até em voltar a estudar inspirado pela irmã. “Eu vejo isso como fruto. Meu pai se foi há dois meses e meio, mas deixou um legado nas nossas vidas. A Eloá é um fruto da educação, do cuidado que minha mãe, que está sempre nos acolhendo, nos incentivando todos os dias, e dos professores, que também merecem destaque”, declara.

A mãe, Maria das Graças, acredita na importância da educação e aproveita a visibilidade para deixar seu recado a todos os pais, que assim como ela, querem uma vida melhor para seus filhos. “O mundo de hoje ‘tá’ difícil, tem que pensar no futuro deles. Diria para os pais que acompanhassem mais o estudo dos filhos”, finaliza.

FOTO: Yasmin Godoy/Jornal Em Dia

A professora de Língua Portuguesa – matéria preferida de Eloá – se emociona ao relembrar a trajetória da garota. Uma das organizadoras do sarau, ela se orgulha de sua profissão, que diz ser recompensadora, apesar de todos os desafios enfrentados. “Eu diria para os professores não desistirem, a menos que eles não amem o que façam, porque o nosso trabalho vale muito à pena”, encerra Tatiana de Lima.

Você pode compartilhar essa notícia!

0 Comentários

Deixe um comentário


CAPTCHA Image
Reload Image