Fotos: Divulgação
news-details
Educação

Matheus e Iago, dois amigos bragantinos que conquistaram corações pela simplicidade e generosidade

Dezembro é, sem sombra de dúvidas, o mês em que a generosidade aflora com mais intensidade nos corações humanos, pois é quando grupos organizados costumam reunir doações de alimentos, roupas e brinquedos a famílias carentes, especialmente a crianças. Mas neste ano, Bragança Paulista começou o mês natalino com uma demonstração de generosidade diferente, que conquistou uma infinidade de internautas.

A história de uma criança que decidiu usar o dinheiro que ganhou como presente de aniversário para que seu amigo pudesse ir a uma excursão comoveu e repercutiu tanto que mobilizou grandes mídias a contarem o ocorrido.

Matheus Monteiro da Silva tem 12 anos e estuda na Escola Municipal Francisco Murilo Pinto, no Jardim Águas Claras, em Bragança Paulista. Ele é colega de sala e amigo de Iago de Oliveira Conceição, de 11 anos.

A escola programou uma excursão a São Paulo, para que os alunos conhecessem o Museu Catavento e o Museu do Futebol, na terça-feira, 4. Porém, Iago não iria ao passeio, pois seus pais não tinham conseguido arcar com o valor de R$ 45,00, estipulado para a viagem de cada aluno.

No final de novembro, foi aniversário de Matheus e um tio lhe deu R$ 35,00 como presente. Ele não pensou duas vezes, foi até sua mãe e pediu mais R$ 10,00, explicando para o que usaria o dinheiro.

No dia seguinte, Matheus chegou à escola e contou a novidade ao amigo, que pulava de alegria. Eles conversaram, então, com a professora Gisele Leme Silva de Souza e com a diretora Mônica Cristina Bueno de Camargo, para ver se ainda era possível acrescentar mais um aluno à excursão.

Com a resposta positiva, veio também a comoção de todos os funcionários da escola, e Mônica decidiu compartilhar em sua página no Facebook o gesto generoso de Matheus para com o amigo. A postagem alcançou 6.470 compartilhamentos e teve 3,8 mil comentários.

Os dois amigos acabaram ganhando a viagem de presente, nenhum deles precisou pagar pela excursão, e a história repercutiu tanto que eles foram notícia em vários sites de grandes veículos de comunicação.

No dia da excursão, durante o passeio no Museu do Futebol, os amigos receberam a visita dos mascotes do São Paulo e do Corinthians. Matheus ganhou um abraço do Santo Paulo, mascote tricolor, e Iago, do Mos-queteiro, mascote alvinegro, além de muitos presentes dos respectivos times. A iniciativa dos clubes de futebol teve o objetivo de reforçar a paz entre as torcidas.

O Jornal Em Dia esteve na E. M. Francisco Murilo, na manhã de quarta-feira, 5, um dia após a excursão. Mais falante, Iago agradeceu o gesto do amigo. “Fiquei muito feliz de o Matheus ter feito essa bondade. Espero que outras pessoas também sigam o exemplo dele. Fiquei muito feliz por ter ido viajar com meus amigos. Agradeço a ele por ter me ajudado”, disse, esbanjando um sorriso no rosto.

Mais tímido, Matheus disse que não pensou em usar o dinheiro para outra coisa.

No passeio, eles só não se divertiram mais porque equipes de reportagem os acompanharam quase todo o tempo.

Os amigos estão no 5º ano do Ensino Fundamental, assim, essa foi praticamente a última semana de aula deles na Francisco Murilo. A partir de 2019, eles vão para a rede estadual e ainda não sabiam, no dia da reportagem, se iriam para a mesma escola ou não.

A professora Gisele contou que, assim que soube da iniciativa de Matheus, já se emocionou, mas que para o menino, ele agia como se não estivesse fazendo nada de mais. Ele disse à professora até que queria ter pagado antes, mas que só então tinha conseguido dinheiro. “Ele é muito tímido. Para nós emocionou, mas ele não tem a noção da proporção que tem essa caridade que ele fez”, disse.

Gisele afirmou também que, em meio a tantas notícias ruins, foi muito bom poder ver a repercussão de algo tão positivo, mas nem ela nem a diretora imaginavam tamanho alvoroço. “A minha sala este ano é muito boa. Ganhei um presente. Terminar com isso fechou com chave de ouro. A gente fica muito feliz”, relatou.

Para a diretora Mônica, o fato reacendeu sua esperança. “Diante de tantas dificuldades enfrentadas no dia a dia, de repente a gente se deparar com uma atitude dessas é um sinal de esperança. Ainda existe motivo para acreditar, pra gente não desanimar, nem tudo está perdido. Tem que levantar a cabeça e continuar. Eu não esperava, claro, tamanha repercussão da história”, disse, acrescentando que vem tentando responder as mensagens de agradecimento, bem como as de interesse no contato para mandar presentes aos garotos.

Encerrar o ano com uma história tão emocionante, e que ao mesmo tempo demonstra a pureza do coração das crianças, foi um verdadeiro presente de Natal para Mônica. “No Museu do Futebol, a hora que eles receberam os presentes, foi muito emocionante porque o Iago veio e, olhando bem nos meus olhos, disse: ‘Obrigado, diretora, se não fosse por você nada disso estaria acontecendo’. Então, estou muito feliz com tudo isso. Foi um grande presente de Natal pra mim”, concluiu.

Você pode compartilhar essa notícia!

0 Comentários

Deixe um comentário


CAPTCHA Image
Reload Image